Conheça mais sobre os melhores produtores de 2017

Estamos iniciando uma série mensal com dados e informações sobre os 10 anos do Prêmio Melhores da Suinocultura Agriness.

Neste primeiro conteúdo apresentamos o perfil e os índices dos primeiros lugares gerais do Brasil e da Argentina, além da nova categoria Outros Países, criada em 2017 para reunir granjas dos demais países da América do Sul em uma mesma base de comparação e classificação. Compare os perfis e os resultados de cada granja e aproveite para conhecer os diferenciais que contribuíram para torná-las as mais produtivas em seus países.

Confira a tabela comparativa dos índices de 2013 a 2017 das granjas.

Clique na imagem para ampliar.

201805_tabela_dados_ganhadores_melhores_PT_ampliada

Fazenda Várzea do Pau D’Alho – Lima Duarte – MG

A granja tem 26 anos e participa do Melhores da Suinocultura há 6 anos, tendo garantido lugar entre as 10 primeiras em todas as suas participações. Iniciou com 40 matrizes e 2 reprodutores e foi aumentando o seu plantel no decorrer dos anos. O proprietário Joaquim Campos Pereira explica que o grande diferencial da granja é sua equipe, que trabalha com muito profissionalismo, engajada e focada na melhoria contínua.

Granja La Sucho – Arroyo Barú – E.R.

Na Argentina o campeonato acontece há 4 anos e neste período a granja da família O’Dwyer já foi premiada 4 vezes: em 3º lugar na primeira participação, em 2014, e em 1º lugar em todas as edições seguintes. Desde que a granja foi construída, tem trabalhado na melhoria contínua, procurando ser melhor a cada dia e trabalhando especialmente na escalação de uma boa equipe que se sente parte dos resultados e que trabalha focada na redução dos desperdícios e evolução dos resultados.

Granja San Bernardo – Paraguai

Em 2017 a granja San Bernardo conquistou o 1º lugar na nova categoria Outros Países. A granja localizada em Naranjal, Paraguai, existe há 16 anos e seus proprietários (Hugo, Edoard e Elsa Schaffrath) são brasileiros. O administrador, Hugo Schaffrath, vive no Paraguai desde a construção da granja e lá trabalha com sua família e colaboradores na busca de resultados de excelência.

As granjas premiadas mostram que têm na valorização das pessoas a explicação para os seus resultados. São elas que, junto com informações confiáveis e de qualidade, equilibram o triângulo de ouro da gestão, contribuindo para que as granjas alcancem seu máximo potencial produtivo e mantenham ótimo desempenho.

No próximo conteúdo vamos mostrar como funciona o processo de auditoria pelo qual as granjas passam para serem classificadas.

Se você quiser comentar, fazer alguma pergunta para os ganhadores ou se quiser esclarecer qualquer dúvida sobre o campeonato, entre em contato com a gente pelo formulário abaixo.


Sobre o Prêmio Melhores da Suinocultura Agriness

Realizado pela Agriness há mais de 10 anos, o projeto de benchmarking reconhece as granjas com melhores resultados e práticas na produção de suínos. A edição 2017 contou com a participação de 1491 granjas de 8 países (Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai e Uruguai) com mais de 1,1 milhão de matrizes. É através da participação das granjas e do compartilhamento de informação que o Melhores da Suinocultura gera referenciais confiáveis de produtividade para o setor e ajuda a impulsionar o crescimento da suinocultura de toda a América do Sul.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *