O Prêmio Oink foi um sucesso, os ganhadores saíram atualizados em seus conhecimentos sobre suinocultura e ainda ganharam prêmios. Porém, para nós da Agriness, a maior conquista é estimular o aprendizado contínuo. O Oink e o Prêmio Oink são formas divertidas de aprender sobre a suinocultura, ficamos felizes com os resultados que alcançamos além da premiação propriamente. Vamos compartilhar um caso que mostra que quando boas ideias se unem geram resultados positivos na vida das pessoas ao nosso redor.

O caso aconteceu nas granjas Colmeia Yagro I e a Colmeia Yagro II, que estão localizadas em Tupaciguara, Minas Gerais, e quem contou essa história para nós foi o Lucas Vasconcelos, proprietário das granjas. Há onze anos Lucas trabalha com suínos e hoje tem aproximadamente 5.400 fêmeas nessas granjas. Quando surgiu o aplicativo Oink, ele aproveitou as informações disponíveis para desenvolver seus conhecimentos técnicos.



“O aplicativo me ajudou muito pessoalmente, com uma série de perguntas na parte técnica, em procurar saber como proprietário como andam as atividades da granja”.

barra_apoio

 

O aprendizado gerou impactos positivos também na sua comunicação com os gerentes, como ele conta.


“Eu achei muito interessante o aplicativo, porque comecei a interagir mais com a parte técnica. Eu pude conversar um pouco mais utilizando a linguagem dos meus gerentes e lideranças de granja, então ficou mais fácil a comunicação.”

barra_apoio

 

Enquanto utilizava o aplicativo, Lucas passou a pensar em formas de estimular a sua equipe a se capacitar e conhecer mais as operações da granja e o negócio como um todo. O Oink, por ser um jogo voltado para a suinocultura, foi percebido pelo Lucas como uma alternativa para incentivar o aprendizado técnico. Então surgiu a ideia de criar uma gincana com os seus funcionários utilizando o Oink como ferramenta de estudo.



“Decidi fazer alguma coisa voltada à parte de capacitação e premiar financeiramente quem ganhasse, para atrair as pessoas para jogar e buscar conhecimento. Em uma reunião com os gerentes nós decidimos criar a gincana. Foi a primeira gincana que criamos, realizamos ela na festa junina, que costumamos fazer todos os anos aqui na granja.”

barra_apoio


LUCAS_EQUIPE_JOGANDO_

Equipe da granja jogando o Oink

O pessoal da granja gostou da ideia e mais ou menos um mês antes da gincana começaram a estudar para o desafio jogando o Oink. No dia da festa, foram demarcados três quadrados no chão com as respostas “a”, “b”, “c”. Na medida em que as perguntas eram feitas, os grupos caminhavam para o quadrado da resposta que consideravam ser a correta. No fim, os três primeiros lugares ganharam um prêmio em dinheiro. O primeiro lugar foi para a Maria, que é parteira na maternidade e trabalha na granja há 6 anos.


“Foi muito recompensador o que eu aprendi sobre a frente aqui que eu estou trabalhando. Aprendi sobre o tipo de manejo de trato no pré-parto, sobre os leitões que ficam refugiados das mães, aqueles leitões mais fraquinhos, sobre o colostro. Eu aprendi bastante e quero passar para as pessoas que trabalham junto com a gente também o que eu aprendi. Quanto mais a gente aprende, mais quer aprender e eu sempre quero aprender mais. É muito bom, fico muito agradecida com o Oink pelo que eu aprendi e quero passar para as minhas colegas de trabalho. Muito obrigada”.


foto_juliana_spohr_circulo

Maria


No dia da gincana, além da Maria que foi a grande vencedora, mais de 70 pessoas participaram respondendo às perguntas sobre suinocultura que elas haviam estudado no Oink. No final, o mais interessante da gincana é que, além da competição e dos prêmios, as pessoas aprenderam mais sobre suas atividades e isso colaborou inclusive para aumentar o engajamento da equipe na granja.


“Depois do Oink o pessoal começou a trabalhar melhor os métodos, procuraram pesquisar mais. Então, hoje eu quero fazer a gincana Oink todo ano, porque eu quero que o pessoal busque conhecimento”.

barra_apoio

LUCAS_EQUIPE_JOGANDO_

Equipe da granja no dia da gincana

A ideia de utilizar o Oink na granja veio do intuito em estimular o pessoal que está na operação, mesmo aqueles que não tem um índice de escolaridade muito alto, a estudar e procurar entender o que estão fazendo no trabalho na granja. O que o Lucas percebeu no Oink foi uma oportunidade de utilizá-lo como meio de capacitar as pessoas e estimular uma competição saudável.


foto_juliana_spohr_circulo

Lucas


“Não só indicaria o Oink, como acho que é uma ferramenta fundamental que a Agriness colocou e que nós proprietários e gerentes temos que trabalhar ela, porque ela vai ajudar muito na capacitação do pessoal de base. Eu estou aqui no escritório, o gerente está no escritório da granja e quem está fazendo acontecer é o pessoal de base, então precisa de capacitação. Acho o Oink uma ferramenta fundamental e veio para somar muito. Não só indico, como o pessoal tem que puxar, tem que incentivar, fazer trabalhos como eu fiz o da gincana, promover eventos, promover prêmios, porque só através disso a gente vai conseguir vencer na nossa área de suinocultura.”


Nos vídeos a seguir você poderá ver um pouquinho do que aconteceu na granja Colmeia Yagro:


Veja o que a Maria, ganhadora da gincana, conta sobre o que aprendeu com o Oink.


Melhores momentos da gincana e como foi a participação do pessoal
da granja.



Um agradecimento todo especial aos apoiadores do Oink que tornaram possível
que histórias como essas pudessem acontecer e serem contadas.


E você, promove, participa ou conhece alguma história do Oink?

Compartilhe a sua experiência conosco, é só preencher os campos abaixo.




Baixe agora o aplicativo e comece a testar seus conhecimentos!