Pré-parto da fêmea suína

Pré-parto da fêmea suína

O manejo pré-parto tem seu início entre 5 e 7 dias antes da data prevista para a parição e inclui cuidados com o ambiente destinado a alojar os animais e a transferência e adaptação dos animais à instalação da maternidade. Não se pode negligenciar que será nesse local que a fêmea permanecerá durante o período de parto e lactação. Assim, devem ser adotadas ações que contribuam para diminuir as perdas nesse processo.

Dentre as medidas de preparação e higiene de instalações e equipamentos, a transferência das porcas para a maternidade requer atenção e cuidados especiais. Deve-se evitar grandes distâncias entre as instalações de gestação e maternidade, para prevenir estresse por calor e eventuais colapsos circulatórios provocados pelo cansaço causado no deslocamento, que podem causar perdas fetais ou da própria porca. Pela mesma razão, essas tarefas devem ser realizadas buscando sempre o maior conforto térmico possível: nas horas mais frias no verão e nas mais quentes no inverno. A condução dos animais em grupos de três a cinco matrizes contribui ainda para evitar agressões e ocorrências que possam causar perdas fetais: as duas últimas semanas de gestação são tão críticas para a ocorrência de perdas fetais como as duas primeiras semanas para perdas embrionárias.

Transferências de matrizes da gestação para a maternidade muito próximas da data de parto podem trazer muitos problemas para a granja. Os mais comuns são a ocorrência de partos no setor de gestação em fêmeas que naturalmente antecipam alguns dias da data prevista, pouca adaptação da matriz ao ambiente da maternidade, maior estresse durante o parto e interferência na qualidade do colostro.

A importância do parto como uma das fases mais críticas da produção de suínos faz da maternidade um verdadeiro desafio para assegurar bons resultados na produção. Por isso os cuidados pré-parto são fundamentais para proporcionar melhores condições as matrizes e reduzir possíveis perdas.

Fonte:

SILVEIRA, P. R. S.; ZANELLA, E. L.; Manejo da fêmea suína nos dias que antecedem ao parto. In: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CRIADORES DE SUÍNOS, Produção de suínos: teoria e prática. Brasília, DF, 2014. p 462-464.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos? Baixe o OINK e aprenda cada vez mais!


Baixe o app Oink e aprenda sobre assuntos relacionados
à suinocultura de forma inovadora e criativa!

googleplay
aple-store

 


Essa trilha conta com o apoio da empresa:

msd

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *