Mesa Redonda com os Melhores: o que fazem as melhores granjas do Brasil

Nos conteúdos anteriores sobre os 10 anos do Melhores da Suinocultura Agriness falamos sobre o perfil dos ganhadores da 10ª edição, sobre o processo de auditoria das granjas ganhadoras e também realizamos uma entrevista com o 1º lugar geral do Brasil em 2017.

Para este 4º conteúdo a Agriness promoveu uma mesa redonda com os ganhadores da edição 2017, ação que fez parte da programação da conferência PorkExpo 2018, realizada nos dias 26 e 27 de setembro, em Foz do Iguaçu (PR).

A Mesa Redonda com os Melhores contou com a moderação de Junior Salvador, Diretor de Negócios da Agriness, com participação das granjas Várzea do Pau D’Alho, Capivari e Boa Esperança, 1º, 2º e 3º lugares do Brasil na 10ª edição do Melhores da Suinocultura, respectivamente.

Durante a Mesa Redonda com os Melhores as granjas responderam diversas perguntas da Agriness e dos expectadores que participavam do evento. Os principais pontos abordados foram sobre práticas e resultados: como ter uma melhor produtividade e qualidade do plantel, como reduzir as perdas reprodutivas, entre outros. As perguntas abaixo foram enviadas previamente pelos clientes da Agriness, e também foram respondidas pelas granjas:

“Para atingir o máximo potencial da granja, qual a importância da gestão da informação?”
Enviada por Everton Alves

“Quanto representa nos excelentes resultados alcançados o envolvimento das pessoas nos processos do dia a dia da granja?”
Enviada por Alessandro Crivellaro

Os pontos abordados demonstraram que as granjas possuem manejos diferentes, em muitos aspectos, mas que todas trabalham com uma equipe bem preparada e alinhada nas tarefas que desempenha, usando a gestão de indicadores como importante fator na tomada de decisão.

Separamos para você um podcast com os principais pontos da Mesa Redonda com os Melhores, que mostram as diferenças entre as granjas nos critérios de gestão de pessoas.

PODCAST: GESTÃO DE PESSOAS
PARTICIPANTES:
José Amaral e Renato Rosa Ribeiro, Gerente e Consultor técnico da granja Boa Esperança, respectivamente; e Ricardo Bona – Consultor técnico da granja Várzea do Pau D’Alho.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *