Nossas pessoas – Ana Paula

ana

Na semana em que eu entrei na empresa estava sendo organizada uma viagem a campo para conhecer um de nossos principais clientes, a Copérdia. Essa viagem envolvia boa parte da empresa, cerca de 40 pessoas, e o objetivo era que as pessoas entendessem melhor a realidade do cliente, soubessem como funciona o campo, conhecessem uma granja, entendessem o porquê de a gente fazer o que faz. O pessoal foi, passou um final de semana na granja. Eu acabei não indo, pois a viagem já havia sido planejada e estava fechada quando eu entrei. Quando o pessoal voltou foi feita uma reunião com toda a empresa para que pudessem compartilhar como foi a experiência de conhecer o campo nessa viagem. Foi muito emocionante ouvir as pessoas falando e eu entendi naquele momento qual era a cultura da empresa, o porquê de a cultura ser tão forte na Agriness, a questão da simplicidade que estava muito presente, o nosso propósito, principalmente. Foi muito bonito ver as pessoas falando aquilo, o que elas tinham sentido. Desenvolvedores, pessoas da TI, entendendo por que eles estavam ali rodando e desenvolvendo um sistema, o propósito de eles estarem fazendo aquilo. Eu lembro que me marcou muito e tenho certeza que marcou a vida dessas pessoas, e com certeza mudou a forma de elas enxergarem o trabalho. Lembro de uma fala em específico, de uma pessoa que comentou sobre uma dificuldade que um produtor tinha e que o S4 poderia resolver essa dificuldade. Eu lembro que esse desenvolvedor ficou muito incomodado com essa situação e ele queria achar uma forma de resolver, e que, agora, alguns meses depois dessa viagem, eles conseguiram incluir essa feature no S4 e resolver o problema que o produtor tinha. Então, através da empatia, de entender o outro, de saber o que o outro vive, eles conseguiram resolver o problema. Para mim isso é cultura. Ficou muito claro que a nossa cultura é muito forte, que ela acontece na prática. Isso me marcou muito, pois estava há pouco tempo na empresa, mas o suficiente para entender que todo esse propósito que a gente fala é muito mais que uma frase bonita colada na parede. É o que a gente faz no dia a dia, o que faz nosso coração bater e o motivo de a gente fazer todo o nosso trabalho, de tudo que a gente faz.

1 Comentário

  1. Ana.

    Só reconhecemos no outro aquilo que nos pertence.
    Empatia é um dos valores mais importantes na área de People e você traz consigo,.

    Obrigado por fazer parte desse propósito.

    Responder

Deixe uma resposta para Elton Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.